sexta-feira, 30 de setembro de 2011




Atualmente o Supremo Tribunal Federal julga e condena o Conselho Nacional de Justiça
O STF suspendeu quase metade das punições aplicadas pelo CNJ a juízes acusados de cometer crimes desde a criação do organismo – das 33 punições já impostas pelo CNJ, 15 foram suspensas por liminares, 10 em Mato Grosso .

QUE PAÍS É ESSE? CADA HORA APARECE MAIS UM SAFADO!

Viva Battisti!!! Viva! Ele sim, é o retrato do Brasil de hoje

O vereador de São Paulo, Juscelino Gadelha (foto), do PSB, propôs a concessão de título de Cidadão Paulistano ao criminoso acoitado no Brasil, Cesare Battisti.Battisti assassinou quatro pessoas na Itália, fugiu, foi julgado a revelia e condenado a prisão perpétua. Mas veio para o Brasil, cafofo de criminosos, recebeu status de perseguido político, RG, CPF, casa e comida numa praia, e faz planos de criar uma ONG que certamente fará convênios com o governo dos ‘cumpanheros’ e embolsará o dinheiro do povo brasileiro.

E este vereador ainda quer homenageá-lo. É, vai ver que merece mesmo.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Fora, Padilha.

A presidente Dilma Mamulenga Rousseff admitiu nesta quinta-feira, 29, que a área de saúde enfrenta um “problema sério de gestão”, durante entrevista ao vivo ao programa “Hoje em Dia“, da TV Record. Para a presidente, não é possível aceitar que a saúde no Brasil “não precisa de mais dinheiro”. “Tem um problema sério de gestão sim. A gente tem recursos e o uso desse recurso tem de ser melhorado”, disse a presidente, ao ser questionada pelo apresentador se dava para melhorar a saúde do Brasil e se era necessário um novo imposto para isso. “Se você olhar, a Argentina per capita investe mais em saúde do que nós, 42% a mais, o Chile, 27% a mais, e se você olhar o setor privado versus o setor público, o setor privado per capita está colocando 2 vezes e meia mais.” ..............................................................................


Se o ministro da Saúde, o petista Alexandre Padilha, trabalhasse mais em vez de badalar em encontros de blogueiros do esgoto e viver atrás de um flash, a área não teria tantos problemas de gestão. Então a Dilma Mamulenga poderia começar a faxina demitindo o ministro incompetente.

"É impossível levar o pobre à prosperidade através de legislações que punem os ricos pela prosperidade. Cada pessoa que recebe sem trabalhar, outra pessoa deve trabalhar sem receber. O governo não pode dar para alguém aquilo que não tira de outro alguém. Quando metade da população entende a idéia de que não precisa trabalhar, pois a outra metade da população irá sustentá-la, e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, então chegamos ao começo do fim de uma nação.
É impossível multiplicar riqueza dividindo-a."

“Pão e circo. Educação não. Educação é prejudicial. Educar o povo é abrir seus olhos para a podridão que já causa vômitos nos que a compreendem, mas é minoria. Uma minoria esmagada por um exército de iletrados que continuam sorrindo com um pão sujo na mão, um circo armado e nenhuma visão”. (Christian Gurtner).

No Império Romano, uma das formas de desviar a atenção da população dos problemas causados pelo Estado, era a política do pão e circo (panis et circenses).



Jeito PT de administrar: Professores recebem salário grampeado em propaganda política




Aconteceu no Rio Grande do Sul, sob governo do petista, só podia ser, Tarso Genro. Os professores da rede estadual receberam seus contracheques grampeados em jornal editado pela Secretaria Estadual da Educação.

A bancada estadual do PSDB pedirá na Justiça que o Secretário da Educação, José Carlos Azevedo, e o Governador Tarso Genro, reembolsem do próprio bolso as despesas públicas feitas para imprimir o jornal “Palavra”, que teve sua circulação suspensa por determinação judicial.




No país da impunidade,nem as vassouras escapam


"Eram 594 vassouras - uma por parlamentar - fincadas diante do Congresso pelo movimento contra a corrupção. Mas 50 delas foram furtadas em Brasilia." (O Globo de hoje). Que alívio, heim? Daqui a pouco não haverá mais nem uma e estarão livres da sensação desagradável de estarem sendo ridicularizados.
A pitbull Ideli Fraquinha baba por novo imposto. E ironiza aliados, especialmente o PMDB.

Sem caneta na mão, mas com 'muitos baldes de saliva para gastar' na tarefa de unir a base aliada, a ministra das Relações Institucionais, Ideli Fraquinha Salvatti (PT), admite que o governo ainda quer a criação de um imposto para financiar investimentos em saúde no País e arrecadar mais R$ 45 bilhões por ano. A expectativa do Palácio do Planalto é que o tributo seja aprovado em 2012, apesar das dificuldades previstas por causa das eleições municipais.


Nesta entrevista ao Estado, ao mencionar as 'fontes' em debate para custear a saúde, Ideli não fez rodeios para definir do que se trata: 'É um novo imposto'. Articuladora política do governo, a ministra garantiu, porém, que nada sairá neste ano porque decisões assim precisam ser 'adequadas' à situação econômica. 'Você não pode trabalhar desonerando de um lado e onerando de outro', ponderou. Cinco dias após a Câmara ter aprovado a Emenda 29 - que define os gastos com saúde para União, Estados e municípios -, Ideli reiterou que o dispositivo não resolve o problema porque não indica de onde virão os recursos. Para ela, a comissão acertada entre os governadores e o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), poderá 'resgatar' projetos de lei que criam base de cálculo para a nova versão da CPMF, o imposto do cheque extinto em 2007. 'Nós já colocamos o dedo na ferida', disse Ideli Franquinha.



Cobertura do Maracanã custa R$ 47 milhões na Polônia e R$ 197 milhões no Brasil. Ora, são só R$ 150 milhões! O secretário adjunto de Planejamento e Procedimento do Tribunal de Contas da União (TCU), Marcelo Luiz Souza da Eira, disse, em audiência no Senado nesta quinta-feira (29), que há indícios de sobrepreço nas obras de cobertura do estádio do Maracanã.


O secretário adjunto disse que estádios similares na Ucrânia e na Polônia, usando o mesmo tipo de fornecedor, tiveram custo de R$ 47 milhões, enquanto que o valor estimado para a cobertura do Maracanã chega a R$ 197 milhões. Ele salientou que a diferença é "astronômica" e que o estado deve rever a estimativa de custo. O TCU também constatou sobrepreço em editais de obras em outros estados.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

"Não conheço um governo que tenha exercido a democracia como nós exercemos".

Lula, ao receber o título de doutor honoris causa pelo Instituto de Estudos Políticos (Sciences-Po), o maior da França


Podemos tirar alguma conclusões desta declaração do molusco pinguço:

1. Lula não conhece nada.

2. Em termos de governos a convivência e a admiração de Lula é por governos ditatoriais como os de Cuba, da Coréia do Norte, da Venezuela, do Irã, etc. Governos que Lula sempre defendeu.

3. Em diversas ocasiões Lula sempre demonstrou admiração por governantes longevos de longevas ditaduras, como de certos países africanos e de Cuba.

4. Lula e o PT sempre fizeram e ainda fazem tudo o possível para calar a imprensa e acabar com a liberdade de expressão.

5. Não há nada mais anti democrático do que o voto em lista defendido por Lula e pelo PT.

6. Lula não sabe e nem quer saber o que é democracia.

7. Finalmente - Lula é um grande mentiroso.


Se na Esplanada dos Ministérios a “faxina” de Dilma Mamulenga Rousseff passa a ideia de rigor contra a corrupção, na relação do governo federal com estados e municípios, a presidenta acaba de emitir um sinal inverso. Dilmão vetou do texto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) um dispositivo que se destinava a evitar irregularidades e desvios nos convênios da União com as prefeituras e os governos estaduais. Ela retirou da LDO a exigência de que todos os governos estivessem com as prestações de contas em dia para receberem mais dinheiro do orçamento da União. Os problemas nas prestações de contas podem ser sinais de uso irregular ou até desvio de verbas públicas.

VAMOS ROUBAR AINDA MAIS CAMBADA, ANO QUE VEM TEM ELEIÇÕES E A BUFUNFA TEM QUE ESTAR ESTOURANDO NOS BOLSOS E CUECAS PARA COMPRAR VOTOS

Governo pede suspensão de comercial de lingerie com Gisele Bündchen A Secretaria de Políticas para Mulheres do governo federal pediu ao Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) a suspensão do campanha publicitária "Hope ensina", que traz a modelo Gisele Bündchen mostrando a "melhor maneira" de contar más notícias ao marido. É a vontade de controlar a mídia, é o desejo de censura que anda corroendo o íntimo dos petralhas. É muita falta do que fazer...corrupção pode!desvio de verbas pode! enganar o povo pode!

A VERDADE SEMPRE INCOMODA

A Ministra Eliana Ccalmon, corregedora do Conselho Nacional de Lustiça, afirmou que´"há bandidos escondidos atrás da toga". A carapuça caiu direitinho. O presidente do CNJ, Peluso,repudiou as acusações dizendo que eram levianas, que lançam dúvidas sobre a honra dos juízes. Que honra? salve raras excessões. Estão querendo que ela se retrate. Não vai adiantar a verdade já foi dita.

CHAMOU TODO MUNDO DE MACONHEIRO

Vaiar Sarney é coisa de maconheiro, segundo deputado aliado.

O deputado estadual Magno Bacelar (PV-MA) disse, em discurso, que "muitos dos metaleiros" que foram ao Rock in Rio e xingaram o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), durante o show do Capital Inicial, são "drogados e maconhados (sic)". Bacelar é vice-líder do governo de Roseana Sarney (PMDB) na Assembleia Legislativa do Maranhão. Segundo ele, o público do show representa "pequena minoria da população".Bacelar é o mesmo parlamentar que havia dito que Sarney "não é uma pessoa qualquer" no episódio revelado em que o senador foi flagrado utilizando helicóptero da polícia do MA em viagens particulares. Naquela ocasião ele questionou: "Queria que o presidente [Sarney] fosse andar de jumento? Enfrentar um engarrafamento [?]".


No novo discurso, ele afirmou que vai propor moção de repúdio contra a banda Capital Inicial por ter dedicado a José Sarney a música "Que País é Esse". Enquanto a canção era executada, era possível ouvir o público gritando: "Ei, Sarney, vai tomar no c...". Segundo ele, os xingamentos ocorreram em "ambiente [...] onde tem criança". "E muitos dos metaleiros vão ali drogados, maconhados." O deputado disse à agência de notícias que a moção de repúdio também será destinada ao cantor da banda, Dinho Ouro Preto."Ele disparou vários palavrões", disse.

O PINGUÇO VENDE ATÉ A MÃE PARA CONSEGUIR O QUE QUER!

Lulinha Beira-Mar.

No crime organizado, nada tira o poder do chefão. Ele vai para um presídio de segurança máxima, mas continua dando as ordens pelo celular e pelos advogados, escorado na chantagem contra policiais e nas ameaças à integridade de juízes. Lá fora, a quadrilha continua a todo o vapor, controlando tudo, em seu nome. Em um certo partido político, não é diferente. Segue, abaixo, matéria da Folha de São Paulo.


Aliados do ministro Fernando Enem Fajuto Haddad (Educação) aumentaram a pressão para tentar atrair petistas ligados à senadora Marta Suplicy na disputa interna que definirá o candidato do PT à Prefeitura de São Paulo em 2012. Integrantes do grupo dele usam os nomes do ex-presidente Lula e da presidente Dilma Mamulenga Rousseff e dizem que os colegas que permanecerem fiéis à ex-prefeita podem ser retaliados com perda de espaço no governo e até de verba para futuras campanhas. O objetivo é agravar o isolamento de Marta Relaxa e Goza no partido e forçá-la a abrir mão da candidatura, o que evitaria a realização de prévias na sigla.




A pressão combina dois argumentos: 1) Lula pode exercer poder de veto com doadores em futuras campanhas; 2) Quem permanecer ao lado da senadora também enfrentaria dificuldades nas relações com o Planalto -uma referência indireta à distribuição de cargos e verbas federais.

Um dos principais articuladores de Haddad repetiu esses dois pontos à reportagem "No PT, não existe vitória se Lula for derrotado", disse.

LOBISTA PICARETHONORIS CAUSA

O pinguço ataca de novo e não deixa dúvidas sobre os objetivos da Sciences Po em conceder um título de doutor honoris causa para Lula. Foi uma decisão de marketing. A instituição acaba de abrir um campus em Poitier, que denomina de eurolatinoamericano. Quem melhor do que Lula Esponja para vender vagas no continente para este novo business da escola? Aliás, a entrevista dada por Lula é para dois alunos brasileiros. Quantas bolsas o Brasil compra lá na Sciences Po? No final da entrevista, Lula faz uma cobrança para Dilma: ela deve continuar tratando como prioritária a parceria com a França na área de defesa. São os Rafales, estúpido. Lula é, sem dúvida alguma, um lobista honoris causa. Ele continua querendo “empurrar” os aviões Rafales franceses, superados e arcaicos, porém muito mais caros que os suecos e os americanos.

terça-feira, 27 de setembro de 2011




Judiciário: cego, surdo e inoperante.


Justiça no Brasil vai mal, muito mal. Porém, de acordo com o relatório de atividades do Supremo Tribunal Federal de 2010 e 2011, tudo vai muito bem.


Será? Por que? E a triste ironia: a juíza foi assassinada em 11 de agosto, data comemorativa do nascimento dos cursos jurídicos no Brasil. Mas, se o STF se omitiu sobre o cruel assassinato da juíza, o mesmo não o fez quando o assunto foi o aumento salarial do Judiciário. Seu presidente, Cézar Peluso, ocupou seu tempo nas últimas semanas defendendo — como um líder sindical de toga — o abusivo aumento salarial para o Judiciário Federal. Considera ético e moral coagir o Executivo a aumentar as despesas em R$ 8,3 bilhões. A proposta do aumento salarial é um escárnio.


É um prêmio à paralisia do STF, onde processos chegam a permanecer décadas sem qualquer decisão. A lentidão decisória do Supremo não pode ser imputada à falta de funcionários. De acordo com os dados disponibilizados, o tribunal tem 1.096 cargos efetivos e mais 578 cargos comissionados. Portanto, são 1.674 funcionários, isto somente para um tribunal com 11 juízes. Mas, também de acordo com dados fornecidos pelo próprio STF, 1.148 postos de trabalho são terceirizados, perfazendo um total de 2.822 funcionários. Assim, o tribunal tem a incrível média de 256 funcionários por ministro. Nem o maior marajá das “Mil e uma noites” tem tantos servos. Seguranças para nada são 435!


É uma safadeza: são 435. Nem na Casa Branca tem tanto segurança. Será que o STF está sendo ameaçado e não sabemos? Parte destes abuso é que não falta naquela Corte. Só de assistência médica e odontológica o tribunal gastou em 2010, R$ 16 milhões.O orçamento total do STF foi de R$ 518 milhões, dos quais R$ 315 milhões somente para o pagamento de salários. Se os três Poderes da República têm sérios problemas de funcionamento, é inegável que o Judiciário é o pior deles. E deveria ser o mais importante. Ninguém entende o seu funcionamento. É lento, caro e muito duvidoso.

SÓ PORRADA NESTE GOVERNO CORRUPTO!

FAT, Fundo de Assalto ao Trabalhador, dá 1,5 milhão para ONG condenada.


Não é de hoje que o Fundo do Amparo ao Trabalhador, FAT, é fonte de falcatruas, especialmente na promissora (para corrupção) área de cursos de capacitação. Só não é investigado pois todos dele se beneficiam.


Punido pela CGU por conta de irregularidade na suspensão de novos contratos com a União, o Instituto Nacional América recebeu R$ 1,5 milhão do Ministério do Trabalho para treinar trabalhadores para a Copa do Mundo de 2014.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Inaceitável, Dilma?

A presidente Dilma Mamulenga Rousseff declarou que o país destinar 10% para os gastos de saúde é inaceitável. Poderia ter dito que é impossível. Inaceitável é ter uma presidente desalmada ou que não sabe o que está falando.O governo vai se mobilizar para impedir que o Senado ressuscite no projeto de lei complementar que regulamenta a destinação de recursos para a Saúde - a chamada Emenda 29 - o mecanismo que obriga a aplicação de 10% da receita corrente bruta da União no setor. A estimativa é que essa vinculação represente mais R$ 30 bilhões por ano de recursos na Saúde. A presidente Dilma Mamulenga Rousseff classificou nesta segunda-feira, 26, como "inaceitável" a aprovação pelos senadores dessa proposta. "Temos de trabalhar para impedir que isso passe no Senado", afirmou a Mamulenga, durante reunião na manhã desta segunda com a coordenação política do Palácio do Planalto. O governo alega não dispor de recursos para fazer essa vinculação. "É inviável destinar 10% da receita da União para a Saúde.



Caso o brasileiro não fosse acomodado ou tivesse um mínimo de informações saberia que, para gerar filhos, é preciso ter uma condição financeira ao menos razoável. Quem depende dos outros, governo ou não, para a aquisição de alimentos, é um ser incapaz de ser pai ou mãe.


Quem não é financeiramente capaz, não gera filhos,


é um irresesponsável que apenas os despeja no mundo.


Ao invés de oferecer ''ajuda'' aos incapazes, o governo teria obrigação de investir em campanhas que ensinassem seu povo (isento de instrução por falta de escolas e bons professores) que a única maneira decente de viver é a independência financeira. E que os filhos não merecem enfrentar necessidades pela falta de compostura de quem os gerou e de um governo que os estimulou a agir de forma inconsequente .

Maiores informações sobre o programa falsamente benevolente em BOLSA FAMÍLIA AGORA POR 5 FILHOS DESDE A GRAVIDEZ

AVISO IMPORTANTE

Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos representantes políticos pode causar deficiência moral.

São quengas disfarçadas de homens públicos. Oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo.

A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida pública.

O CASAL DO ANO

QUE ROMANTICO!....OLHOS, NOS OLHOS,MÃOSINHAS DADAS,E MUITA SAFADEZA EM CONJUNTO!QUEM DIRIA!!!HÁ ANOS ATRÁS...O EX-PRESIDENTE PINGUÇO AFIRMOUQUE O SARNEY ERA BANDIDO E CORRUPTO.SERÁ QUE A CORRUPÇÃO TEM O DOM DE UNIR?O PICARETINÁCIO LULA CHEGOU A DIZER QUE O SARNEYNÃO ERA UMA PESSOA COMUM.É LINDO VER UM AMOR TÃO SINCERO!
Discurso para inglês ver
A MENTIRA
“O protecionismo e todas as formas de manipulação comercial devem ser combatidos.” (Presidente Dilma Rousseff, na abertura da Assembleia Geral da ONU, em Nova Iorque, 22/09/2011.)
A VERDADE
Pelo visto, não é só no Brasil, para o “público interno”, que a Mamulenga Rousseff faz discursos contraditórios. O fala uma coisa e na prática faz outra, teve palco mundial.
Há uma semana, o governo da Mamulenga Rousseff aumentou em 30 pontos percentuais o IPI de veículos que não atendam às novas regras anunciadas: usar no mínimo 65% de conteúdo nacional ou regional (Mercosul), investir em pesquisa e desenvolvimento e preencher pelo menos seis de 11 requisitos de investimentos.
É a imposição descarada de uma barreira tarifária. A mesma criticada pela Presidente Mamulenga.
Em tempo de economia global e forte crise econômico-financeira, resta saber qual o peso no cenário internacional do que diz a Mamulenga da Rousseff.

Médicos reprovados



Os resultados do projeto-piloto criado pelos Ministérios da Saúde e da Educação para validar diplomas de médicos formados no exterior confirmaram os temores das associações médicas brasileiras. Dos 628 profissionais que se inscreveram para os exames de proficiência e habilitação, 626 foram reprovados e apenas 2 conseguiram autorização para clinicar. A maioria dos candidatos se formou em faculdades argentinas, bolivianas e, principalmente, cubanas.


As escolas bolivianas e argentinas de medicina são particulares e os brasileiros que as procuram geralmente não conseguiram ser aprovados nos disputados vestibulares das universidades federais e confessionais do País. As faculdades cubanas - a mais conhecida é a Escola Latino-Americana de Medicina (Elam) de Havana - são estatais e seus alunos são escolhidos não por mérito, mas por afinidade ideológica. Os brasileiros que nelas estudam não se submeteram a um processo seletivo, tendo sido indicados por movimentos sociais, organizações não governamentais e partidos políticos. Dos 160 brasileiros que obtiveram diploma numa faculdade cubana de medicina, entre 1999 e 2007, 26 foram indicados pelo Movimento dos Sem-Terra (MST). Entre 2007 e 2008, organizações indígenas enviaram para lá 36 jovens índios.
Desde que o PT, o PC do B e o MST passaram a pressionar o governo Lula para facilitar o reconhecimento de diplomas cubanos, o Conselho Federal de Medicina e a Associação Médica Brasileira têm denunciado a má qualidade da maioria das faculdades de medicina da América Latina, alertando que os médicos por elas diplomados não teriam condições de exercer a medicina no País. As entidades médicas brasileiras também lembram que, dos 298 brasileiros que se formaram na Elam, entre 2005 e 2009, só 25 conseguiram reconhecer o diploma no Brasil e regularizar sua situação profissional.
Por isso, o PT, o PC do B e o MST optaram por defender o reconhecimento automático do diploma, sem precisar passar por exames de habilitação profissional - o que foi vetado pelo Conselho Federal de Medicina e pela Associação Médica Brasileira. Para as duas entidades, as faculdades de medicina de Cuba, da Bolívia e do interior da Argentina teriam currículos ultrapassados, estariam tecnologicamente defasadas e não contariam com professores qualificados.
Em resposta, o PT, o PC do B e o MST recorreram a argumentos ideológicos, alegando que o modelo cubano de ensino médico valorizaria a medicina preventiva, voltada mais para a prevenção de doenças entre a população de baixa renda do que para a medicina curativa. No marketing político cubano, os médicos "curativos" teriam interesse apenas em atender a população dos grandes centros urbanos, não se preocupando com a saúde das chamadas "classes populares".
Entre 2006 e 2007, a Comissão de Relações Exteriores da Câmara chegou a aprovar um projeto preparado pelas chancelarias do Brasil e de Cuba, permitindo a equivalência automática dos diplomas de medicina expedidos nos dois países, mas os líderes governistas não o levaram a plenário, temendo uma derrota. No ano seguinte, depois de uma viagem a Havana, o ex-presidente Lula pediu uma "solução" para o caso para os Ministérios da Educação e da Saúde. E, em 2009, governo e entidades médicas negociaram o projeto-piloto que foi testado em 2010. Ele prevê uma prova de validação uniforme, preparada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais do MEC, e aplicada por todas as universidades.
Por causa do desempenho desastroso dos médicos formados no exterior, o governo - mais uma vez cedendo a pressões políticas e partidárias - pretende modificar a prova de validação, sob o pretexto de "promover ajustes". As entidades médicas já perceberam a manobra e afirmam que não faz sentido reduzir o rigor dos exames de proficiência e habilitação. Custa crer que setores do MEC continuem insistindo em pôr a ideologia na frente da competência profissional, quando estão em jogo a saúde e a vida de pessoas.
Lula disse que "político tem que ser casca grossa", em relação à capacidade de aguentar pressão contra corrupção. Ou seja, tem que conseguir continuar 'rapinando', mesmo que a opinião pública se rebele contra a ladroagem.

domingo, 25 de setembro de 2011

MEU PAÍS É UMA PIADA ...E DE MAU GOSTO!

País cheio de governantes que desejam ter as classes menos favorecidas atreladas aos seus desmandos, nada mais de acordo do que um povo como o brasileiro. Que não sente orgulho por sua plena autonomia e se ajoelha diante de quem lhe oferece 'donativos'. Para os falsos defensores dos necessitados bom é um povo que prefere se entregar do que pensar.
"E a proposta do PT é que a gente aprenda a conquistar as coisas pelas nossas próprias lutas e aprenda a caminhar pelas nossas próprias pernas. Chega de dádivas do governo. A estrutura sindical que temos hoje, dada por Getúlio Vargas e que o Brizola tanto defende, é como uma gaiola, onde o passarinho tem alpiste, tem água, mas está preso."

Palavras do enganador Lula Esponja em entrevista à Tribuna da Imprensa, quando criou o PT.


A ministra de ""Desenvolvimento Social e Combate à Fome"" anunciou que, a partir de novembro, quanto maior a quantidade de filhos, maior será o benefício Bolsa Família. Desta forma, o governo vai justamente em sentido contrário ao combate à fome, pois está incentivando as pessoas a despejarem cada vez mais crianças no mundo, sem ter capacidade de ao menos alimentá-las.
É O QUE O POVO BRASILEIRO DEVERIA SENTIR COM ESTE GOVERNO E COM O GOVERNO ANTERIOR DO PT.

SÓ PODIA SER MINISTRO DO PT

Não é à toa que é conhecido como Celso "Ratito" Amorim na América democrática. A gestão do então chanceler do governo Itamar Franco (1992-1994), Celso Amorim, hoje ministro da Defesa da Mamulenga Dilma, proibiu que a Embaixada do Brasil em Washington mantivesse contato com exilados cubanos e aumentou as grades da embaixada em Havana para impedir invasões. Além disso, expulsou quatro cubanos que invadiram o prédio -dois deles acabaram presos pela polícia do regime. É o que revelam 636 telegramas confidenciais trocados entre o Itamaraty e a Embaixada do Brasil em Havana, obtidos pela Folha após pedido de desclassificação feito ao Itamaraty e que a partir de hoje são divulgados no Folha Transparência.


É mais um safado igual ao Lula Esponja, que ama o Ditador Fidel e apóia os seus crimes.



Quero mudar para aquele Brasil da propaganda da "mão grande" da Dilma. Uma coisa é a propaganda do Brasil da "mão grande" da Dilma Mamulenga, a outra é a realidade dos números. Segundo o Jornal O Globo, a cem dias de acabar o primeiro ano de gestão da presidente Dilma Vana Rousseff, promessas de campanha e alguns compromissos assumidos no programa de governo não saíram do papel ou estão bem distantes de atingir as metas fixadas para 2011.

sábado, 24 de setembro de 2011

Copa 2014? Vai dar m...!

Não há mais nenhuma dúvida de que a Copa 2014 será um fracasso total. Além de custar algumas vezes mais, nada estará pronto. Feriados prolongados potencializarão os prejuízos e o caos será instalado. Como diz o ditado, vai dar m...! O Picaretinácio Lula vendeu o que não poderia entregar.


Quase quatro anos após o Brasil ser escolhido como sede da Copa de 2014, o governo petralha perdeu o controle do andamento das obras ligadas ao evento e pôs em risco o legado de infraestrutura que ele poderia deixar para o país. Divulgado há 11 dias, o balanço mais recente do governo mais corrupto da história do Brasil sobre os projetos da Copa já está desatualizado. Prazos indicados no documento não batem com informações das cidades-sede, e outros soam irreais diante dos problemas que as obras têm enfrentado. Autoridades que acompanham os preparativos para a Copa já falam em organizar os dias de jogos com a estrutura hoje disponível, sem contar com as novas obras. É osso...!



"O Zé é uma espécie de Che Guevara brasileiro."


Foi assim que o deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP) apresentou o ex-ministro José Dirceu a cerca de cem sindicalistas que se reuniram ontem de manhã para ouvi-lo, na sede da Força Sindical.


Seis anos depois de ser derrubado da Casa Civil e cassado na Câmara, o petista, que juntamente com o Lula Esponja montou o esquema do mensalão, voltou a sonhar com o retorno à cena política.

FIFA pode tirar Copa 2014 do Brasil por causa da incompetência petista.


Embora muita gente ainda não saiba, a Copa do Mundo é um evento privado e, como tal, obedece critérios comerciais para definir sua realização. Caso o país sede não dê garantias suficientes para a realização do mundial, cabe a Fifa zelar pelos interesses dos patrocinadores e buscar outra solução.









“SE PARA A IGREJA A PÍLULA DO DIA SEGUINTE JÁ É CONSIDERADA UM ABORTO, CONCLUO NO ÂMBITO JURÍDICO QUE A PUNHETA É UM HOMICÍDIO PREMEDITADO, O SEXO ORAL É CANIBALISMO, O COITO INTERROMPIDO É ABANDONO DE INCAPAZ, SEXO COM CAMISINHA É HOMICÍDIO POR ASFIXIA E O SEXO ANAL É MANDAR O FILHO À MERDA...”


Com 2 deputados, comissão aprova 118 projetos em 3 minutos. É um desrespeito!



Uma sessão da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados nesta quinta (22) tinha um parlamentar presidindo e um assistindo. Na sessão, foram aprovados mais de cem projetos em três minutos.A sessão foi registrada pelo celular do jornalista Evandro Éboli, do jornal “O Globo”. O segundo vice-presidente da comissão, deputado César Colnago (PSDB-ES) , anunciou: “Havendo número regimental, declaro aberta a reunião ordinária da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania”. Mas no plenário estava somente o deputado Luiz Couto, do PT.

“Não havendo quem queira discutir, em votação. Os deputados que forem pela aprovação permaneçam como se encontram. Aprovado”, afirmou Colnago. Em 3 minutos e 11 segundos, os dois deputados aprovaram 118 projetos sobre acordos internacionais, concessão de serviços de radiodifusão e a regulamentação da profissão de cabeleireiro.
Cronologia da má gestão

Moldada pelo marketing, a imagem de Dilma Rousseff que o Palácio do Planalto e o PT tentam passar para a sociedade é a de uma gestora competente. No entanto, desde a posse, em janeiro de 2011, os fatos mostram exatamente o contrário. Diariamente vêm à tona exemplos de incompetência e de descaso que atingem as mais diversas áreas da administração pública federal. Aqui o leitor poderá rever os principais fatos em uma cronologia que comprovará as dificuldades da atual gestão para enfrentar os desafios nacionais. Confira:


Em agosto, ministros demitidos e outros personagens envolvidos em corrupção escancaram crise no governo


Onda de corrupção no governo federal marca o mês de julho


Queda de Palocci, afrouxamento das regras de licitações e escândalo dos aloprados marcam junho


Em maio, denúncia de enriquecimento súbito de braço direito de Dilma paralisa governo petista


Abril: deficiências na infraestrutura ficam mais claras e população é atormentada com volta da inflação


Março: Dilma interferiu na iniciativa privada, amargou greves no PAC e abandonou promessa


Fevereiro: governo foi marcado por incoerência, perdas ao trabalhador e conivência com malfeitos


Balanço dos primeiros meses de Dilma comprova que imagem de boa gestora não passa de marketing


Mundo cor-de-rosa desenhado pela campanha petista não existe na realidade.

De Fernando Henrique Cardoso, publicado no Observatório Político


As manifestações contra a corrupção começam, felizmente, a ganhar corpo. Pena que o objetivo proposto pela última delas, no Rio de Janeiro, possa ser enganoso, qual seja, considerar como crime hediondo o delito de corrupção. Não é de agora que a sociedade a cada surto de criminalidade pede isso. Mas, de que adianta aumentar as penas se ninguém é condenado?


Atualmente, além da corrupção como desvio pessoal de conduta, estamos diante de algo muito grave: pouco a pouco se foi montando um sistema político que tem a corrupção como pressuposto e condição para a “governabilidade”. Trata-se, portanto, de uma corrupção institucionalizada.


Mas isso não basta: é preciso ter maior controle e transparência nos contratos públicos e uma atitude firme de repúdio às práticas desonestas. Por isso, quando a Presidente Dilma reitera não aceitar a corrupção impune (mesmo que as circunstâncias políticas a forcem a fazer novas nomeações duvidosas), isso é melhor do que as permanentes tentativas de minimizar os alegados casos de corrupção como o fazia e ainda agora o fez novamente o ex-presidente Lula, lamentando que os ministros recém demitidos não tivessem “casca dura” suficiente para resistir às pressões da sociedade.



sexta-feira, 23 de setembro de 2011

QUE PAÍS É ESSE?

E simbólico e sintomático. O Estadão estampa, lado a lado, o chefe da sofisticada organização criminosa do mensalão e um dos maiores empresários do país. Ambos falam de impostos. Com o mesmo peso e destaque. O mensaleiro quer combater a sonegação do imposto. Logo ele, que comandou o esquema mais escandaloso de caixa dois já ocorrido no Brasil. Que país é este que coloca bandidos na página de economia? E que faz com que empresários tenham que conviver com quadrilheiros?
O corrupto PT, o fisiológico PMDB e o financiamento público de campanha.

O que você acha de pagar com o dinheiro do seu imposto a propaganda deste petista cara de pau? Ele é um político profissional, relator da Reforma Política e quer passar para o bolso do brasileiro a conta da sua campanha eleitoral. Será que, depois de eleito, ele vai doar os salários e as mordomias que recebe para construir uma creche, um hospital, uma escola? E some-se a isso o famoso caixa dois do PT, reconhecido pelo próprio Lula, que vem desde os tempos do Bancoop, das coletas de lixo em Santo André, do mensalão, das empreiteiras do PAC e das obras internacionais financiadas por bancos estatais.

E ELES AINDA QUEREM RECRIAR A MALDITA DA CPMF...

Arrecadação estoura a boca do balão.


A Receita Federal divulgou o resultado da arrecadação tributária de agosto. Somando-se todos os impostos e contribuições do mês, recolheu-se R$ 74,608 bilhões. Trata-se de um recorde para o mês. Comparando-se com agosto do ano passado, houve aumento nominal de 15,92%. Descontada a inflação, o salto foi de 8,11%. No acumulado do ano, outro recorde: entre janeiro e agosto, o fisco beliscou nos bolsos e nas caixas registradoras R$ 630,464 bilhões. Alta real de 13,26%. (Do Blog do Josias)

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Dilma fala na ONU e o dólar dispara.

Obviamente, uma coisa não tem nada a ver com a outra. O discurso de abertura da Assembléia da ONU, sempre feito por um presidente brasileiro, seja ele sociólogo, semianalfabeto ou simplesmente uma mulher, como Dilma, não tem a mínima importância, a não ser para que o Brasil reafirme algumas bobagens para o mundo, em especial o seu antiamericanismo patológico, como diria Rodrigo Constantino. Toda vez que há esse discurso na ONU, a sensação que fica é que o país ainda vai demorar para ser grande. Palestina, protecionismo, a impossível cadeira na ONU, apoio velado a regimes canalhas e calhordas. Culpar os ricos pelos pobres, tudo isso soa como um imenso besteirol. Dilma falou na ONU e o dólar disparou aqui dentro. O único resuiltado prático do discurso é que as comprinhas da Dilma no cartão corporativo, bem como de toda a sua imensa comitiva, vão sair mais caras para o contribuinte brasileiro.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

QUE PAÍS É ESSE?

Dessa vez a justiça não tardou
Eduardo Graeff, 21/09/11
Muito pelo contrário: andou a jato. E pode ter falhado por isso mesmo.
O ministro Sebastião Reis Júnior, do STJ, levou
apenas seis dias para preparar um voto julgando ilegais os grampos da Polícia Federal na Operação Boi Barrica.
O voto foi aprovado numa sessão esquisita da 6ª Turma do tribunal, com apenas três ministros presentes, sendo um emprestado de outra turma para dar quorum.
Isso pode salvar a pele do réu, Fernando Sarney, filho de José Sarney, denunciado por lavagem de dinheiro.
Não é só o Lula Esponja que pensa que Sarney não pode ser tratado como um cidadão qualquer.


Pressionada nos USA - Dilma desautoriza PT .

Ontem, em reunião com Obama sobre o acordo Governo Aberto, Dilma capitulou e reconheceu publicamente o papel da imprensa no combate à corrupção, ressaltando que não é linha do seu governo trazer de volta, como quer o PT, a censura à imprensa. Ela disse:

Conta-se também com a posição vigilante da imprensa brasileira, não submetida a qualquer constrangimento governamental.
Se o PMDB e os demais partidos da base alinhada aguardavam uma posição do governo federal para bloquear a sanha petista de querer constranger a imprensa, o recado foi dado ontem, em Nova Iorque, pela comandante em chefe da sofisticada organização criminosa petista. Ao que parece, o chefe da quadrilha do mensalão, o Zé Dirceu, não conseguiu o seu intento de calar a Veja.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Com menos de 20% do Congresso, PT deita e rola em cima dos aliados.




Este blog tem dito, diuturnamente, que o PT vale mais do que efetivamente pesa. Se os demais partidos decidirem governar sem o PT, não é impossível. Especialmente se este movimento for comandado pelo PMDB, que está maduro para ter um candidato a presidente. O que pode ocorrer com o PMDB se lançar candidato próprio em 2014 e perder? Só vai ter melhores condições para fazer o que sempre fez: negociar um pedaço maior do poder, já que, hoje, só quem está ganhando é o Temer e o Sarney, pois a participação da legenda nunca esteve tão pequena quanto agora. Agora, ficar deixando o partido dos Petralhas ficar mandando e roubando descaradamente, não tem sentido.


Cardápio indigesto


Andando por uma região de canibais, o arqueólogo chega a um restaurante escondido no meio da selva.
O cardápio chama sua atenção:

RESTAURANTE CANIBAL
só servimos carne importada

Missionário inglês frito ............................. US$ 20,00

Turista americano a moda do chef ...........US$ 25,00

Freira italiana ensopada ......................... US$ 35,00

Político brasileiro ao forno ..................... US$ 250,00

Político brasileiro do PT ao forno ........... US$ 700,00

Não aceitamos cheques.

Intrigado com a disparidade de preços, ele pergunta ao dono da espelunca a razão de os pratos elaborados com políticos brasileiros serem tão caros.
O empresário, então, explica:
- Bom, o cara lá do Brasil, que exporta para nós, garante que político
brasileiro é muito difícil de ser caçado.
Para piorar, meu cozinheiro disse que eles levam horas e horas cozinhando. E tem mais: o senhor, por acaso, já tentou limpar um?

SÓ RINDO! DAR TÍTULO DE HONORIS CAUSA A UM PICARETA, SÓ NO BRASIL...

Doutor Picareta.

"Eu resolvi que não era correto eu mesmo fazer um livro, porque o livro de um ex-presidente nunca vai ser verdadeiro. Não sei se vocês leram o livro do (ex-presidente americano Bill) Clinton. A Monica Lewinsky (estagiária com quem Clinton teve um caso) não está lá. Um livro meu também não ia contar tudo - e eu não ia fazer um livro para contar apenas o que vocês já leram no jornal."


Declaração de Lula, depois de ser vaiado por estudantes pela segunda vez na semana, recebendo um título de doutor honoris causa arranjado pela Universidade Federal da Bahia. Se o livro fizer o mesmo sucesso do filme...

ESTE É O MEU BRASIL!


Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) podem, nesta quarta-feira, 21, fulminar o poder do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para investigar e coibir irregularidades praticadas pelos juízes de todo o País. A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) quer derrubar uma resolução do conselho que regula e uniformiza os processos disciplinares contra os magistrados. A AMB quer amordaçar, principalmente, o poder da corregedoria do CNJ.

E AGORA ?


Quem quer ver corruptos na cadeia vai se indignar com a decisão do STJ que anulou grampos da Polícia Federal num inquérito anti-corrupção.Eu também quero ver corruptos na cadeia - não só em prisão provisória, mas cumprindo pena.Para isso, a PF precisa posar menos para as câmeras e trabalhar mais na produção de provas que parem de pé em juízo. Se os grampos extrapolaram a ordem da justiça, temos que reclamar da polícia, não da justiça.Mas nada contribui mais para a impunidade do que a lentidão da justiça. O “mensalão” é emblemático. Se a quadrilha escapar por prescrição das penas, a justiça ganhará um atestado de incompetência passado por ninguém menos que o Supremo Tribunal Federal.

Recorrer a quem, então?


Ontem, a praia de Copacabana amanheceu com 594 vassouras pintadas de verde e amarelo fixadas na areia. A manifestação foi produzida pela organização não-governamental Rio de Paz e tinha como objetivo apelar a cada membro do Congresso Nacional para ajudar a 'varrer a corrupção do Brasil', conforme explicou um cartaz exposto no local. Hoje será realizado um ato espontâneo, que brotou na internet, denominado Todos Juntos Contra a Corrupção - Compartilhe Honestidade, a partir das 17h, na Cinelândia, no Centro do Rio. A manifestação conta, finalmente, com o apoio da OAB, da ABI, da ONG Contas Abertas, entre outras entidades. Hoje os cariocas são o Brasil.

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Haddad, devolve as bicicletas!

Fernando Haddad, ministro da Educação, deu uma de Lula, que foi embora do Planalto e levou o crucifixo. O ministro distribuiu bicicletas para os alunos de Brasília, com direito à campanha publicitária e evento com ampla cobertura da mídia. Agora foi descoberto que, logo depois do evento, Haddad praticamente arrancou as bicicletas das mãos dos estudantes. Até hoje elas estão guardadas em um depósito, conforme reportagem da Rede Globo. Vale o bordão: Haddad, devolve as bicicletas!



Luiz Inácio Apedeuta da Silva e o ministro da Educação, Fernando Haddad, foram vaiados anteontem por um grupo de alunos na Universidade Federal do ABC. O chefão do PT não gostou e decidiu passar um carão nos estudantes: “Gritar é bom, mas ter responsabilidade é muito melhor”, disse o agora ex-líder oposicionista que gritou contra o voto em Tancredo Neves no Colégio Eleitoral, que gritou contra a Constituição de 1988, que gritou contra o Plano Real, que gritou contra a Lei de Responsabilidade Fiscal, que gritou contra o superávit primário, que gritou contra o Proer, que gritou contra as privatizações. Era o tempo em que Lula achava que não lhe cabia ser “responsável”. Em certa medida, sua IRRESPONSABILIDADE foi premiada.

TROACARAM CHICO POR FRANCISCO!

Sai um ministro do Turismo representante do Maranhão e entra outro ministro do Turismo também representante do Maranhão. Ambos apadrinhados de um senador que representa os interesses do Maranhão, mas se elege pelo Amapá. É nesse nó que está o modelo estrutural da trama do Brasil oligárquico, o Brasil que manda, mais do que o Brasil que governa.

Ferreira Gullar, Folha de S. Paulo, 18/09/11

Os principais fundadores do PT abandonaram o sonho da sociedade igualitária e cuidam de seu próprio enriquecimento. Por esperteza e conveniência, porém, tentam fingir que se mantêm fiéis aos ideais socialistas.

QUE CASAL LINDO!

OLHOS NOS OLHOS...

ESTE É O BRASIL GOVERNADO PELO PT!

Ministra joga a toalha e afirma que não sabe quanto a Copa vai custar. A gente responde: se for como o PAN, 10 x mais!

O PAN da roubalheira era para custar R$ 500 milhões e custou R$ 5 bilhões. Até hoje as contas não fecharam. Até hoje as falcatruas generalizadas não foram investigadas. Vejam o que a ministra Miriam Belchior, da Falta de Planejamento, em entrevista sobre a Copa do Mundo, declarou à Folha Poder:




"Eu desconheço qual é o valor que vai custar a Copa do Mundo no Brasil. Não há nenhum estudo que diga isso".