terça-feira, 31 de julho de 2012


PT e Dilma Mamulenga lançam PAC das Privatizações, o maior esquema de venda de patrimônio público da história deste país.

A presidente Dilma Mamulenga já bateu o martelo na lista final de rodovias e ferrovias que vão entrar no pacote de novas concessões de infraestrutura. Nesse pacote, apelidado por auxiliares da presidente de "PAC das Concessões", serão oferecidos à iniciativa privada cerca de 5,7 mil quilômetros de rodovias e 5 mil quilômetros de ferrovias. Apesar da falta de definição sobre concessões em algumas áreas, como a de aeroportos, o governo trabalha para fazer esses anúncios até o fim de agosto. Na área de rodovias, o modelo de leilão por menor tarifa de pedágio será mantido, sem o pagamento de outorga. 

STF nega adiamento do julgamento da quadrilha do Mensalão do PT.

A presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministra Cármen Lúcia, mandou arquivar pedido feito por advogados ligados ao PT para adiar o julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal. No pedido, advogados de réus do mensalão afirmaram ser "inoportuno" a ocorrência do julgamento no período eleitoral e pediam à Cármen Lúcia que ponderasse a possibilidade de adiamento junto aos demais ministros do Supremo.

Na petição, os autores manifestam preocupações quanto à eventual influência do julgamento da ação penal do mensalão sobre as eleições municipais de outubro.Eles estão com medo. O Lula Esponja é o pior deles.

CUT mensaleira quer parar STF. Mais uma do PT e seus capangas!

Na tentativa de pressionar o Planalto a abrir uma negociação salarial, os servidores do Judiciário em Brasília, incluindo os funcionários do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmam que irão cruzar os braços na próxima quarta-feira (1º), véspera do início do julgamento do mensalão. A sinalização de greve foi confirmada na noite desta segunda (30) ao chefe do STF, Carlos Ayres Britto, por dirigentes de três entidades sindicais.Eles querem usar de tudo. O Lula Esponja deve estar orientando!

segunda-feira, 30 de julho de 2012

O PINGUÇO DO LULA ESPONJA AINDA INSISTE QUE O MENSALÃO NÃO EXISTIU!


Mensalão: ex-procurador confirma que há provas de sobra para condenar a sofisticada organização criminosa do PT.

Era junho de 2005. Um ano depois, o cearense que começou como estagiário no Ministério Público do Paraná assinou a principal acusação contra a gestão petista e denunciou os 40 do mensalão. Hoje, aos 63 anos e dedicado ao escritório de advocacia em Brasília, é taxativo: "Minha expectativa é que haja elementos para condenar pelo menos os principais réus".O ex-procurador diz que o esquema não era só pagamento de mesada: incluía uma rede para cometer vários crimes - peculato, corrupção ativa, corrupção passiva.

Como a denúncia do Mensalão cortou as principais cabeças do núcleo criminoso do PT. Só faltou a do chefe. O Lula Esponja.

A descoberta em 2005 do mensalão revelou o maior caso de corrupção da história recente do Brasil e fulminou o núcleo duro do governo do PT. Homens de confiança do ex-presidente pinguço Lula Esponja, antes com livre acesso ao Palácio do Planalto, viram ruir suas carreiras na política e hoje estão no banco dos réus. O site de VEJA investigou como e onde estão os oito dos réus do mensalão que mais gozavam de prestígio junto a Lula Esponja e ao PT antes de o esquema vir à tona. São eles os ex-ministros José Dirceu e Luiz Gushiken; os então dirigentes do PT José Genoíno, Delúbio Soares e Silvio Pereira; e os deputados João Paulo Cunha, Professor Luizinho e Paulo Rocha.

O MENSALÃO - esquema montado por Lula Esponja - o pinguço -foi formado pelo ex-ministro José Dirceu e por Delúbio Soares, Sílvio Pereira e José Genoino, tinha o objetivo de garantir a continuidade do projeto de poder do PT por meio da compra de suporte político de outros partidos e do financiamento futuro ou pagamento de dívidas de suas próprias campanhas eleitorais. 

Para defender os meliantes, foram convocados os mais renomados criminalistas do País, entre os quais os ex-ministros da Justiça Márcio Thomaz Bastos e José Carlos Dias. A maioria dos defensores vai sustentar que o mensalão não existiu. No máximo, o que teria ocorrido seria caixa 2 de campanha eleitoral. Dizendo-se temeroso de ser alvo de um "processo político", Dirceu chegou a convocar estudantes ligados à União Nacional dos Estudantes (UNE) para defendê-lo nas ruas. A Central Única dos Trabalhadores (CUT) também falou em mobilização. Nos últimos dias, porém, a tática do principal réu foi submergir e deixar o mensalão exclusivamente com o STF.

Faltam apenas três dias...

Clique na imagem para ver quem são os mensaleiros e os crimes que cometeram. Clique aqui para saber "os caminhos do dinheiro".

domingo, 29 de julho de 2012


Mensalão: chegou a hora de punir a sofisticada organização criminosa do José Dirceu e do Lula Esponja.

Depois de pressões internas e externas, o Supremo Tribunal Federal começa a julgar na quinta-feira, 2, em pleno período eleitoral, um dos mais longos e polêmicos processos da história política brasileira. A expectativa é de que a avaliação do caso dure mais de um mês. Ao fim, os ministros decidirão se políticos ligados ao ex-presidente  pinguço Luiz Inácio , como o ex-ministro da Casa Civil José Mensalão Dirceu e o ex-presidente do PT José Cueca de Dolar Genoino, devem ou não ser condenados por envolvimento com o chamado mensalão, um esquema de pagamentos de parlamentares que, segundo a Procuradoria-Geral da República, foi executado em troca de apoio ao governo no Congresso, e que, segundo os acusados, foi apenas financiamento de campanhas por meio de caixa 2.

Mensalão: para onde foi o dinheiro público que a quadrilha do PT desviou?

Sete anos de investigações não foram suficientes para rastrear todo o dinheiro do mensalão e apontar a identidade dos beneficiários de boa parte dos recursos do esquema de financiamento político organizado pelos petistas. De acordo com as informações reunidas pela Procuradoria-Geral da República, o mensalão mobilizou R$ 141 milhões em dois anos, somados vários empréstimos bancários e os recursos que teriam sido desviados de contratos com o setor público. Nas alegações finais do processo, em que resumiu as conclusões a que chegou após anos de investigações sobre o assunto, a Procuradoria indicou os beneficiários de apenas R$ 32 milhões, menos de um quarto do total, sem esclarecer o que aconteceu com o resto do dinheiro.

Mensalão: Dilma Mamulenga quer impedir que a lama suba a rampa.

Preocupada com o potencial de desgaste que o julgamento do mensalão pode causar a seu governo, a presidente Dilma Mamulenga deverá fazer de tudo para manter o Palácio do Planalto longe dos holofotes do Supremo Tribunal Federal (STF). Apesar de torcer para que os bandidos do PT sejam absolvidos, sob o argumento de que uma punição representaria a condenação moral da Era Lula Esponja e acabaria se voltando contra ela e o seu partido nas eleições municipais, Dilma Mamulenga baixou a lei do silêncio.
Presidente baixou no Planalto uma lei do silêncio sobre o caso - Reuters
A ordem é blindar o Planalto do impacto do julgamento, que vai pôr o PT e o governo do pinguço e picareta Lula Esponja - o chefão- no banco dos réus. Na tentativa de mostrar que sua gestão não será contaminada pelas ruidosas sessões do Supremo, Dilma preparou um pacote de estímulo aos investimentos, a ser lançado em várias etapas, entre agosto e setembro. A "agenda do desenvolvimento" terá medidas populares, como a desoneração de impostos para a redução do custo da tarifa de energia elétrica. O MEDO ESTARÁ PRESENTE NO PLANALTO.

sábado, 28 de julho de 2012


Mensalão: lista da Carta Capital é uma falsificação grosseira. Ou melhor: duas! Uma que saiu no site e a outra, totalmente diferente, que saiu na revista.

Vejam a falsificação grosseira produzida pela Carta Capital, na edição desta semana, cuja chamada de capa, com foto, é "Valerioduto abasteceu Gilmar"... Marcos Valério já desmentiu a lista. Delcídio Amaral, senador do PT, ataca violentamente o falsificador Mino Carta, editor do pasquim mensaleiro.



Erenice, quanta inocência!

Relatório inédito da Polícia Federal, obtido pela Folha, mostra que Israel Guerra, filho da ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra, e Vinícius de Oliveira Castro, então assessor da pasta, operaram para ganhar dinheiro por meio de consultorias a empresários interessados em contratos com o governo. O relatório é baseado em investigação de quase dois anos. Por considerar que houve falta de provas de tráfico de influência, no entanto, o Ministério Público pediu e a Justiça Federal mandou neste mês arquivar o inquérito. 

Sub-Chefe da quadrilha presta contas à lei.

Contra as mentiras contadas por Carta Capital em 40.000 exemplares financiados pela quadrilha petista, o jornalismo da Veja, em 1.150.000 exemplares de total independência em relação a esta sofisticada organização criminosa do Mensalão. O Mensalão que pagava políticos agora compra jornalistas. Amorins, nassifs, cartas, fortes, eduguins, cambada de sujos. Compra revistas, sites e blogs. Veja. Amanhã nas bancas.

Mensalão foi o maior escândalo de corrupção do país, liderado por criminosos, afirma Gurgel.

Em sua última manifestação formal antes do início do julgamento do mensalão, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, enviou aos ministros do Supremo Tribunal Federal um documento no qual afirma que o caso foi "o mais atrevido e escandaloso esquema de corrupção e de desvio de dinheiro público flagrado no Brasil". A expressão faz parte de um vasto memorial que foi entregue na última semana aos 11 integrantes do Supremo e obtido pela Folha. O julgamento começa na quinta. 

ENQUANTO DILMA MAMULENGA VAI A LONDRES...


Mensalão: revista alugada pelo PT calunia Gilmar Mendes para pressionar o STF. A mentira não durou um dia. 

O empresário Marcos Valério  negou na sexta-feira, 27, por meio de seu advogado, Marcelo Leonardo, a autoria de documento que relaciona um suposto repasse de R$ 185 mil ao ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). A Corte começa a julgar na próxima semana o processo do mensalão, no qual Valério é acusado de ter operado o esquema que, segundo a Procuradoria-Geral da República, foi usado para a compra de apoio político ao governo do então presidente pinguço o Lula Esponja. A defesa do empresário disse ter ficado "perplexa" com o teor do documento, divulgado pela revista Carta Capital. Todos sabem que esta revista é de um petista safado.

O gabinete de Gilmar Mendes informou que ele "vai entrar com as medidas judiciais cabíveis contra a revista" e que não vai se manifestar sobre "a absurda matéria".  Espero que descubram os safados, porém eu sei que tem o dedo de Lula Esponja.

Lula Esponja. Gilmar Mendes esteve no centro de outra polêmica ao se reunir com Lula Esponja em abril, quando o ex-presidente pinguço e picareta teria tentado pressionar para que o julgamento do mensalão fosse adiado para depois das eleições municipais.  

sexta-feira, 27 de julho de 2012


Big monthly stipend (Mensalão) na revista The Economist. É a quadrilha do PT nas manchetes internacionais. O PT (perda total)está ficando famoso lá fora (nas páginas policiais).

Esta é a charge que ilustra a matéria sobre o Mensalão do PT, publicada na revista The Economist, uma das mais prestigiadas no mundo. Clique aqui para ler em inglês.

O PINGUÇO JAQUES DANIEL WAGNER COMPROU ESTE HUMILDE AP..!


Ainda segundo Claudio Humberto, cada apartamento na Mansão Leonor Calmon a bagatela de R$ 3,7 milhões a R$ 5,2 milhões. O colunista diz que a mudança é o assunto do dia dos políticos em Brasília. Veja a íntegra da nota de Claudio Humberto publicada nesta quinta-feira (16):

"Palocci fazendo escola?

Políticos baianos não falam outra coisa: o governador Jaques Wagner (PT) vai morar no “Mansão Leonor Calmon”, um dos prédios mais luxuosos lançados no estonteante Corredor da Vitória, em Salvador. Cada apartamento, ali, custa entre R$ 3,7 milhões e R$ 5,2 milhões
".  PINTOU SUJEIRA, PINTOU PT!

CORRE LULA ESPONJA...QUE O RASTRILHO TE PEGA!...


Mensalão: Toffoli está impedido legal, ética e moralmente. Para um petista, estas coisas não têm muita importância.

Da coluna de Dora Kramer, no Estadão:

Estabeleceu-se um Fla-Flu a respeito da participação do ministro Antonio Dias Toffoli no julgamento do mensalão: a partir do pressuposto de que seja voto certo pela absolvição dos réus, as torcidas se dividem entre os que consideram imprescindível seu impedimento e os que defendem como certo - legal e moralmente falando - seu direito de julgar. Da maneira como está posta, a discussão tem ficado restrita ao terreno da exposição apaixonada de opiniões controversas.
 
Preceitos obviamente aplicáveis aos 11 ministros do Supremo, mas cuida-se de Dias Toffoli devido à polêmica sobre condição específica dele no colegiado: a proximidade com o partido cuja direção, segundo a denúncia do Ministério Público, organizou um sistema de desvio de recursos públicos para financiar legendas aliadas.

Toffoli durante 15 anos trabalhou como assessor do PT, foi advogado de Lula em campanhas eleitorais, ocupou a subchefia de assuntos jurídicos da Casa Civil da Presidência da República quando lá estava como titular José Dirceu e, antes de ser indicado para o Supremo, foi advogado-geral da União. Acrescente-se à folha de serviços prestados à principal agremiação ora na berlinda, o fato de a companheira do ministro ter atuado na defesa de três réus do processo: Paulo Rocha, Professor Luizinho e José Dirceu.

É suficiente para o ministro declarar-se suspeito ou o procurador-geral da República alegar seu impedimento? Não é questão atinente à vontade das torcidas, pois a elas sobra arrebatamento e falta a ponderação realística indispensável à interpretação subjetiva de Toffoli e à avaliação legal objetiva da Procuradoria-Geral da República a fim de que se dissipem quaisquer sombras de suspeita sobre a isenção dos julgadores.

quinta-feira, 26 de julho de 2012

O corajoso José Dirceu joga a culpa em Delúbio pelo Mensalão.


Ao negar a existência do mensalão, José Dirceu pôs a culpa em Delúbio Soares. Num documento de onze páginas, que está sendo distribuído à imprensa, a Assessoria do ex-ministro-chefe da Casa Civil diz que o ex-tesoureiro do PT assumiu as irregularidades. "Nunca houve o chamado mensalão. O que de fato existiu foi a prática de caixa dois para cumprimento de acordo eleitoral, conduta irregular prontamente assumida por Delúbio Soares e o PT sobre a relação com partidos aliados em 2004", diz o memorial feito para jornalistas. O texto diz que não foi comprovada a suposta compra de votos para parlamentares apoiarem o governo no Congresso. De acordo com a defesa de Dirceu, o mensalão foi uma "fantasia" criada por Roberto Jefferson, então líder do PTB, que teria sido desmentida no processo.

Lula e seu esqueleto

Eduardo Graeff, 25/07/12
Faz uns dias, Marcos Valério teve que ser acalmado por Paulo Okamoto, faz-tudo de Lula. Agora, o advogado de Roberto Jefferson resolveu desinocentar o chefe dos chefes.
Dependendo do resultado do julgamento, o pacto de silêncio entre os cúmplices do mensalão pode desandar de vez. Imagino o nervoso de Lula. É duro viver com esse esqueleto no armário…
Responsável pela defesa do ex-deputado Roberto Jefferson, autor da denúncia do mensalão e um dos 38 réus do processo, o advogado Luiz Barbosa disse ontem que seu cliente “exagerou” ao inocentar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Barbosa vai sustentar tese contrária no julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) - dirá que Lula “ordenou” o mensalão.

Mensalão: dias de medo para a quadrilha de  Lula e Zé Dirceu.

Cinco advogados de São Paulo pediram na terça-feira, 24, à presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia Antunes Rocha, que pondere com seus colegas de STF que é inoportuno julgar a ação do mensalão durante o período eleitoral. O julgamento está marcado para começar em 2 de agosto e deve durar pelo menos um mês. Na petição, eles observam que os debates entre defesa e acusação serão televisionados e noticiados pelos meios de comunicação. Segundo os advogados, a repercussão será ainda maior porque o julgamento ocorrerá durante o período eleitoral. "O desequilíbrio, em desfavor dos partidos envolvidos, é evidente. Tem-se o pior dos mundos: a judicialização da política e a politização do julgamento. Perde a Democracia, com a realização de uma eleição desequilibrada. Perde a República, com o sacrifício dos direitos dos acusados ao devido processo legal", afirmam na petição os advogados Marcelo Figueiredo, Marco Aurélio de Carvalho, Gabriela Shizue Soares de Araújo, Fábio Roberto Gaspar e Ernesto Tzulrinik.

quarta-feira, 25 de julho de 2012


Saindo do armário

Elena Landau, O Globo, 22/07/12
Depois de um surto intervencionista, o governo percebeu que é impossível crescer de forma sustentada sem investimentos em infraestrutura e muito menos sem capital privado. Finalmente o PT rendeu-se ao óbvio e abraçou a agenda das privatizações de vez. O problema é que o faz de forma encabulada, tentando fingir que não faz o que faz, e nisso acaba fazendo malfeito.

Delúbio quadrilheiro do povo brasileiro, mente descaradamente. APRENDEU COM O PINGUÇO.

O ex-tesoureiro nacional do PT Delúbio Soares disse nesta terça-feira que a engenharia financeira montada por ele para quitar as dívidas de partidos da base aliada "deu errado, deu essa confusão toda", mas negou que o partido tenha corrompido parlamentares. Segundo o ex-tesoureiro, o diretório nacional do PT o autorizou, em reunião, a captar recursos "junto à rede bancária" para quitar dívidas eleitorais contraídas durante a campanha eleitoral de 2002. Como "o partido não tinha lastro financeiro" para contrair empréstimos bancários no valor de R$ 60 milhões, disse Delúbio, ele recorreu às empresas do publicitário Marcos Valério de Souza, que captaram o dinheiro nos bancos e o repassaram ao ex-tesoureiro.

terça-feira, 24 de julho de 2012


A MINISTRA DO PLANEJAMENTO DEVE ESTAR ASSOMBRADA COM AS DESPESAS PRETENDIDAS PELA PRESIDENTE DILMA COM A AQUISIÇÃO DE AVIÃO E HELICÓPTEROS. UM BOEING 747 INTERCONTINENTAL, PARA 467 PASSAGEIROS, IGUAL AO DO OBAMA, O AIR FORCE ONE, CUSTA 260 MILHÕES DE DÓLARES OU APROXIMADAMENTE, 458 MILHÕES DE REAIS. CINQUENTA HELICÓPTEROS COMPRADOS, DOIS DESTINAM-SE À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, TOTALIZANDO 5,2 BILHÕES DE REAIS, SAINDO CADA UNIDADE POR 104 MILHÕES DE REAIS, OU DOIS POR 208 MILHÕES. OS HELICÓPTEROS SÃO DO MODELO CARACAL, EC-725, COM CAPACIDADE PARA DEZ LUGARES, CADA UM. A MINISTRA PRECISA AVISAR A PRESIDENTE QUE ESTAMOS EM CRISE, TALVEZ TENHA ESQUECIDO. O GILBERTO CARVALHO LEMBRA QUE A CRISE INTERNACIONAL, ATINGE O PAÍS, IMPEDE NOVOS GASTOS E TORNA INVIÁVEL REAJUSTE PARA SERVIDORES.

Jefferson vai provar que Mensalão foi ordem de Lula Esponja.

Defesa do ex-deputado, delator do mensalão, dirá no STF que ex-presidente ordenou o esquema.

A defesa do ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ), um dos 38 réus do mensalão, vai centrar fogo no ex-presidente pinguço e picareta Luiz Inácio. Em sua sustentação oral no julgamento, previsto para começar no próximo dia 2, no Supremo Tribunal Federal (STF), o advogado de Jefferson, Luiz Francisco Corrêa Barbosa, dirá que Lula não só sabia da existência de todo o esquema como "ordenou" a sua execução: - (Lula) Não só sabia (do mensalão) como ordenou toda essa lambança - revelou Barbosa ontem ao GLOBO. - Não é possível acusar os empregados e deixar o patrão de fora.

Marcos Valério avisa que poderia "dedurar" Lula Esponja, mas não vai. 

Ao negar que tenha ameaçado Lula Esponja e dizer que não é "dedo duro", o operador financeiro do Mensalão manda novo recado: poderia dedurar, mas não vai. Ora!ora! com isto ele já afirma o que todos já sabem...que o ex-presidente pinguço SEMPRE FOI O VERDADEIRO CHEFÃO.
Acusado de operar o esquema do mensalão, o empresário Marcos Valério negou ontem em Belo Horizonte que pretenda fazer revelações sobre o caso, cujo julgamento está marcado para começar no dia 2. "Eu sou igual ao Delúbio, nunca endureci o dedo para ninguém e não vai ser agora, às vésperas do julgamento", disse Valério ao site "Terra" quando se encaminhava para almoçar em um restaurante da zona sul da cidade. Valério faz menção ao ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares. Depois de ser expulso do partido, Delúbio foi reintegrado em 2011. Nos bastidores, setores da legenda apontam seu silêncio em todo esse tempo como um dos principais motivos para a reabilitação. 

PSDB quer bloquear dinheiro público para blogs de aluguel.

O PSDB entrou ontem com representação na Procuradoria Geral Eleitoral pedindo investigação sobre o patrocínio de empresas públicas, como a Caixa Econômica Federal, a sites e blogs simpatizantes do PT. Os tucanos pedem ainda que o Ministério Público Eleitoral apure o suposto desvio, ainda que indireto, de recursos públicos para a propaganda eleitoral de candidatos apoiados pelo PT, o que poderia configurar, de acordo com o PSDB, a prática de improbidade administrativa.

A TURMA DO PT (PERDA TOTAL) ESTYÁ COM A RESPOSTA NA LÍNGUA

segunda-feira, 23 de julho de 2012


PT(PERDATOTAL) procura um genérico de Lula Esponja, desesperadamente.

Continuam a mil os testes para escolher o dublador de Lula Esponja, que dará voz à sua falta de. Hoje o presidente do PT (PERDA TOTAL) também reconheceu que a presença do ex-presidente PINGUÇO em fotos será genérica: "Naturalmente, teremos de fazer uma escala de prioridades mais reduzida, pensando em gravações (para TV) ou a própria presença do ex-presidente pinguço e picareta o Lula Esponja, porque ele não poderá estar presente em todos os lugares", disse Falcão. Segundo ele, o partido também estuda a criação de vinhetas padronizadas e gravações genéricas para que os demais candidatos do partido em todo o País possam usar a imagem do pinguço do Lula. Só não revelou que o dublador de Lula Esponja é o Plano A da campanha.

O PINGUÇO DO LULA ESPONJA ESTÁ TRISTE!



Enquanto Dilma mamulenga privatiza, Haddad do Enem Fraudado quer estatizar. Quem acredita nesta conversa mole?

Enquanto a mamulenga Dilma Rousseff está prestes a comandar o maior torra-torra de rodovias, ferrovias, aeroportos, portos e energia da história deste país, enterrando de vez o discurso estelionatário do PT, Fernando do Enem Fraudado Haddad, candidato petista à prefeitura de São Paulo, quer reestatizar estradas que passam dentro do município, acabando com o pedágio. Veja aqui. Quem acredita nesta lorota eleitoreira? Eles são uma cambada de safados!

Mensalão: PT deve R$ 100 milhões para Marcos Valério.

A dez dias do início do julgamento do mensalão, Marcos Valério e seus ex-sócios devem na Justiça pelo menos R$ 83 milhões que saíram dos bancos Rural e BMG para abastecer o PT e partidos aliados em 2003 e 2004. A Folha teve acesso aos processos no Tribunal de Justiça de Minas em que os bancos cobram o valor, mas, segundo avaliação de envolvidos no episódio, a dívida jamais será paga. O julgamento começa no dia 2 de agosto no STF (Supremo Tribunal Federal).

Apontado como operador do mensalão, Valério alega que pegou o dinheiro a pedido do PT e, para pagar aos bancos, cobra R$ 100 milhões do partido na Justiça. "Há uma responsabilidade de natureza civil do PT", diz o advogado de Valério, Marcelo Leonardo. De acordo com a Procuradoria-Geral da República, em 2003 e 2004 o Rural e o BMG fizeram empréstimos de R$ 64 milhões ao PT e às empresas de Valério.
O objetivo, sustenta a denúncia dos procuradores, era misturar esse valor ao dinheiro público desviado de contratos das empresas de publicidade de Valério com o Banco do Brasil e a Câmara dos Deputados -e, com isso, camuflar a origem ilegal dos recursos do mensalão.

Brasil corrupto tem R$ 1 trilhão em paraísos fiscais.

Uma elite global de super-ricos escondia pelo menos 21 trilhões de dólares em paraísos fiscais no fim de 2010, revela estudo elaborado por James Henry, ex-economista-chefe da consultoria McKinsey. O volume equivale ao das economias de Estados Unidos e Japão juntas, destaca a rede pública britânica BBC em sua página na internet. De acordo com Henry, 21 trilhões de dólares é uma estimativa conservadora. O número final, prossegue ele, poderia alcançar 32 trilhões de dólares.

De acordo com o relatório, os super-ricos brasileiros possuem cerca de 520 bilhões de dólares (mais de 1 trilhão de reas) em contas em paraísos fiscais - quantia que coloca o país em quarta posição nessa modalidade de conta, na comparação mundial. Na América Latina, além do Brasil, países como o México, a Argentina e Venezuela aparecerem entre os 20 que mais enviaram recusos a paraísos fiscais.

O estudo foi encomendado pela Rede de Justiça Tributária, um grupo de pressão que faz lobby contra paraísos fiscais. Henry baseou sua pesquisa em dados do Banco de Compensações Internacionais (BIS, por suas iniciais em inglês), do Fundo Monetário Internacional (FMI), do Banco Mundial e de governos de diversos países.
.
RECEITA PARA SER CANDIDATO DE ÚLTIMA HORA 
.
.
(Enviada por Zé Veneno de Gandu ) 
.

domingo, 22 de julho de 2012




Mensalão: Marcos Valério ameaça o pinguço do Lula Esponja.

Um dos amigos mais próximos do ex-presidente pinguço Luiz Inácio, Paulo Okamotto está há dois meses às voltas com uma missão: o ex-metalúrgico foi encarregado de manter sob controle – e em silêncio – o empresário Marcos Valério. Reportagem publicada em VEJA desta semana revela que, às vésperas do julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF), o empresário está chantageando mais uma vez Lula e o PT. Coisa comum entre eles. Vivem disso!

Denunciado pelo procurador-geral da República como o operador do maior esquema de corrupção da história, Marcos Valério responde por cinco crimes cujas penas, somadas, podem chegar a 43 anos de prisão. Em maio, ele fez chegar à cúpula do PT uma ameaça: estava decidido a procurar o Ministério Público para revelar detalhes de suas conversas com Lula em Brasília. O ex-presidente sempre negou a existência de qualquer vínculo entre ele e o operador do mensalão. Porém se o Marcos Valério abrir a boca o Lula Esponja vai pegar mais de 100 anos de cadeia.

Paulo Okamotto, hoje diretor-presidente do Instituto Lula, também conhecido como "INSTITUTO 51" entrou em ação para evitar turbulências. Ele admite ter participado de reuniões com Marcos Valério, mas diz que isso nada tem a ver com ameaças ou chantagens. Indagado se as conversas envolviam assuntos financeiros, ele explicou: “Ele tem uma pendência lá com o partido, de empréstimo, coisa de partido”. Referia-se ao processo em que Valério cobra judicialmente 55 milhões de reais do PT, como pagamento pelos empréstimos fictícios que abasteceram o mensalão.

Okamotto concluiu, em tom enigmático: “Marcos Valério tinha relação com o partido, ele fez coisas com o partido. Eu nunca acompanhei isso. Então, quem pariu Mateus que o embale, né, meu querido?”O advogado Luiz Eduardo Greenhalgh, petista histórico e também integrante do círculo íntimo de Lula Esponja, foi destacado para descobrir se as ameaças, dessa vez, procediam. “Greenhalgh é o pacificador, é quem sempre dá as garantias a ele”, disse a VEJA uma fonte da confiança do empresário. Greenhalgh teria descoberto que tudo não passa de um blefe.

Blefando ou não, é no mínimo estranho que, sete anos depois do mensalão, Marcos Valério continue ameaçando o PT - e o PT e o Lula Esponja continuam assombrados com as ameaças de Marcos Valério.

Vem aí a privataria do PT, cinco vezes maior do que as privatizações tucanas.

Na virada do semestre, com o fim do recesso, o PT vai promover a maior venda de patrimônio público da história deste país para bancos, fundos de pensão e construtoras. E  vai financiar o torra-torra com dinheiro do BNDES. Serão dezenas de estradas, portos, aeroportos, ferrovias, além de energia. Estima-se que o valor privatizado será cinco vezes maior do que o realizado por FHC. A intervenção nas operadoras de celular foi apenas uma "vacina" para dizer que a privatização petista é melhor do que as privatizações tucanas.

Problemas com provas são recorrentes na Família Haddad.ONDE TEM PT, TEM SUJEIRA!

Se Fernando Haddad fez o que fez com o ENEM, a sua esposa, Ana Estela Haddad, então secretária substituta de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde, também liderou a prova-piloto de validação de diplomas médicos estrangeiros no Brasil. No teste realizado em novembro do ano passado, dos 628 médicos formados no exterior que se inscreveram, apenas 2 foram aprovados. Para nossa sorte!

Estes cursos de medicina de Cuba, Bolívia e Venezuela dão diploma a verdadeiros analfabetos.
Os  cursos de medicina são inferiores aos de enfermagem aqui no Brasil.

Ana Haddad não gostou, porque o objetivo todo mundo sabe: validar os diplomas dos carniceiros cubanos e bolivianos para que possam atuar no Brasil. Segundo ela, o problema ocorreu na montagem da prova, algo que poderia ter levado o nível de dificuldade a um patamar superior ao esperado. Questionada de não poderia haver problema na Justiça, a senhora Haddad respondeu: "O modelo foi analisado por integrantes do Ministério da Saúde e da Educação e esse risco não foi mencionado". Ela também afirmou que a segurança da prova estará preservada. "O critério de seleção dos profissionais é rigoroso e a segurança, rígida."  Será?

sábado, 21 de julho de 2012


Quase 200 milhões de brasileiros ocupam 11% do território. 600 mil índios ocupam mais de 12%. E índio ainda quer mais.


A proibição para ampliar terras indígenas já demarcadas representa importante passo para reduzir o quadro de insegurança jurídica no campo. Esta é uma das 19 condicionantes estabelecidas pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em 2009, após o julgamento do caso Raposa Serra do Sol (RR), regulamentadas nesta semana por meio da Portaria 303/12, da Advocacia Geral da União (AGU). Por meio dela, o governo federal passa a adotar uma norma vinculante que servirá de parâmetro para todos os processos sobre a delimitação e gestão de novas áreas indígenas no País a partir de agora.

PT procura imitador para dublar LulaEsponja .

Tendo em vista a precariedade da voz de Lula Esponja e a necessidade de gravar programas eleitorais para o Brasil inteiro, onde o PT patina na maioria das grandes cidades, João Santana está procurando um imitador para dublar Lula Esponja. Tem que ser pinguço e apresentar a voz de alcoolatra e picareta.O trabalho de casting já analisou cerca de cinquenta perfis. Após seleção prévia,  uma equipe de fonoaudiólogos deverá entrar em cena para escolher um candidato e tornar o imitador um Lula Esponja dos velhos tempos. O cachê é apetitoso: R$ 500 mil para toda a campanha. Fora estas gravações, o trabalho de Lula seria apenas participar de carreatas, sem subir nos palanques.

PARA OS APOSENTADOS DO BRASIL, PT NUNCA MAIS!

sexta-feira, 20 de julho de 2012






Mensalão: Jefferson promete arrastar Lula Esponja - o pinguço - junto.

Antes mesmo de o Supremo Tribunal Federal (STF) dar início ao julgamento do mensalão, o ex-deputado Roberto Jefferson mostra que está disposto a arrastar com ele, ao banco dos réus, o ex-presidente pinguço e picareta Luiz Inácio. Reeleito presidente nacional do PTB pela quarta vez consecutiva, Jefferson diz que foi "um grande equívoco" deixar Lula fora do processo e ameaça: "Se tentarem politizar esse julgamento, Lula vai pagar a conta. Vou à tribuna do Supremo".

O que deixou o autor da denúncia do mensalão furioso esta semana foi a informação de que os advogados do ex-ministro José Dirceu, apontado por Jefferson como "o chefe da quadrilha", referem-se a ele como "pessoa de abalada credibilidade" no memorial de defesa entregue ao STF. Tudo para desacreditar aquele que, segundo a defesa de Dirceu, teria criado o termo "mensalão". "Qualquer ataque a mim será respondido no mesmo tom", avisa o ex-deputado. 

O presidente do PTB lembrará que o Ministério Público sustenta a tese de que houve corrupção para favorecer o governo. E dirá que ministros são meros auxiliares, uma vez que a Constituição confere apenas ao presidente, chefe do Executivo, o poder de baixar decretos e propor projetos de lei autorizando ministros a fazer pagamentos e gastos. "O governo era o Lula, e não o Zé Dirceu", argumenta.
Ministério Público pede cassação de governador e senador do Acre

Após cassarem o mandato de  ---óstenes,  tiveram a desfaçatez de dizer que o Senado teria ficado limpo.  Só se contrataram alguma faxineira para espanar o ambiente!  Paga com o nosso dinheiro, é claro!

O Ministério Público Eleitoral denuncia "abuso dos meios de comunicação social, do poder político e do poder econômico" quando Tião Viana  e Jorge Viana eram candidatos nas eleições de 2010.  Os dois igualmente PTistas. PT, sempre o PT. 

A mesma safadeza de sempre está na página do UOL

O BRASILEIRO  É  UM ABESTADO - AS ELEIÇÕES NO BRASIL SÃO AS MAIS FRAUDADAS DO MUNDO - ACABOU A DEMOCRACIA

Não adianta votar nulo ou em branco como protesto, porque seu voto será destinado ao candidato que eles quiserem. Não adianta fazer campanhas para conscientizar o eleitor, educar o povo ou qualquer outra providência. Serão eleitos os que já estão escolhidos. Não adianta recorrer à Justiça, porque os ministros do Superior Tribunal Eleitoral e do Supremo Tribunal Federal são escolhidos pelo presidente da república entre os que lhe serão fiéis.

DAQUI PARA A FRENTE EU NÃO VOU MAIS COMPARECER PARA VOTAR
---------------------------------------------------

A Confiabilidade Das urnas Eletrônicas:

  

Este governo é uma piada.

É uma piada intervir nas operadoras de telefonia celular e deixar soltos os bandidos safados das operadoras de cartão de crédito. Os juros estão em 323% ao ano, quando a taxa Selic chegou a 3%. Os juros que você paga por 15 dias de atraso no cartão, são maiores do que o rendimento anual deste mesmo valor aplicado na caderneta de poupança! O problema do Brasil não é o cartão do celular. É o cartão de crédito.