segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Para não ser confundido com sede do PT, puteiros deixam de usar luz vermelha


Os frequentadores de alguns  tradicionais  puteiros do Brasil , tiveram um susto na noite de ontem ao se dirigirem até o estabelecimento e notar a ausência da tradicional luz vermelha na porta. “Sempre que recebo o salário venho aqui para comer alguém e fiquei até encabulado quando não vi a luz vermelha, porque achei que o cabaré tinha fechado ou mudado de ramo”, declarou um frequentador assíduo. A gerência dos puteiro tranquilizou a clientela ao divulgar, ainda ontem à noite em uma rede social, que o estabelecimento permanecerá funcionando normalmente, “com a mesma qualidade de sempre”, mas que irá tirar, definitivamente, a luz vermelha de sua decoração.“Tomamos tal decisão, porque estávamos sendo confundidos com a sede do PT, por conta da cor, e para não macular nossa reputação.”Uma publicação também narrou que muitos opositores ao governo andaram frequentando o local nos últimos dias. “ usavam como pretexto  protestar contra o PT, mas vinham para cá só por causa da putaria mesmo”. Procurado por nossa reportagem, o gerente não quis falar sobre o assunto, mas o leão de chácara nos informou que as funcionárias do local já estavam “ficando putas da vida com a confusão. E teve uma que até se recusou a sair com o cliente porque ele chamou ela de companheira”.

 Hélio Bicudo defende governo interino e convocação de novas eleições para o Congresso
Resultado de imagem para helio bicudo sobre a dilma
Autor do principal pedido de impeachment apresentado na Câmara contra a presidente Dilma, o ex-deputado federal Hélio Bicudo (ex-PT-SP) diz que a crise política não será resolvida apenas com a eventual saída da petista do Palácio do Planalto. Para ele, a solução passa pela instituição de um governo interino, por 90 dias, conduzido pelo vice-presidente Michel Temer (PMDB), e pela convocação de novas eleições para o Congresso.
“O melhor seria convocar novas eleições gerais. Mudar toda a Câmara e o Senado seria o remédio mais democrático”, disse ao jornal O Estado de S.Paulo. “É possível antecipar por meio de um decreto partido do Executivo. Vamos convocar e ver que bicho dá”, acrescentou o jurista, de 93 anos.
Bicudo tem sido acusado por petistas e por dois de seus filhos de ser utilizado pela oposição, por seu histórico político e como militante dos direitos humanos, para dar um “golpe” em Dilma. O jurista rebate: “Impeachment não é golpe coisa nenhuma. É um processo legal, jurídico. Dizer que é golpismo é escapismo, é fazer discussão política de baixo nível.”
Em outra entrevista publicada neste domingo (20), concedida ao jornal O Globo, Bicudo diz não ter dúvidas de que a presidente Dilma cometeu crimes no exercício do mandato. “Se eu não achasse que ela cometeu crimes, não teria feito o pedido”, afirmou. “Ela cometeu crimes contra a boa administração, cometeu crimes. As ‘pedaladas fiscais’ são crime de responsabilidade. Você pune um menino de rua que rouba alguma coisa e não vai punir as pessoas que estão no andar de cima? Não pode ser assim”, comparou.
A NEGOCIAÇÃO ESTÁ  " CORRENDO  SOLTA"   LÁ  PELAS  BANDAS DO PLANALTO.
ENQUANTO ISSO A MAMULENGA DILMA VAI AO " STATES" FALAR BESTEIRA...
COMO SEMPRE.  NO BRASIL ESTÁ SOBRANDO EMPREGOS PARA ELA FICAR TIRANDO UMA BOAZINHA OFERENCENDO: QUALQUER REFUGIADO QUE QUEIRA TRABALHAR O BRASIL ESTÁ DE PORTAS ABERTAS....PIADA DA MAMULENGA!

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Quem paga os jatinhos do pinguço Lula Esponja?

Levantamento feito no Instituto Lula aponta que, de 2011 a 2014,o pinguço picareta e X-9 o Lula Esponja não economizou tempo e presença visitando boa parte do planeta. A maratona aérea teve 174 reuniões, nas quais o pinguço Lula se encontrou com 107 chefes de Estado, autoridades, empresários e dirigentes de organismos multilaterais e organizações sociais, 63 deles no Brasil e 111 no exterior. O Ministério Público está com uma grande investigação aberta para saber quem pagou estas viagens que podem ter ultrapassado, sem dúvida, os R$ 10 milhões de reais. Leia mais aqui.


Pedro Corrêa pode botar o pinguço picareta Lula Esponja na cadeia.




 Da Veja:
"Não é à toa. Ele tem citado perto de uma centena de políticos de detalhado roubalheiras em outros órgãos e estatais. " Se o Pedro falar tudo o que sabe, será o fim. O PP terá que se refundar. Não sei se sobrará alguém nos outros partidos também", diz um deputado do partido. " O Pedro é um dos homens da República que mais sabem desde o governo FHC. Se ele falar, terá condições de passar a limpo toda uma página da nossa história", diz Michel Saliba, ex-advogado de Corrêa, a Veja. Pedro Corrêa negociou a participação de seu partido no governo Lula, no mensalão e no petrolão. Sabe de cor e salteado de quem é a responsabilidade pelas roubalheiras bilionárias praticadas nos últimos anos na Petrobras, no Ministério da Saúde e, principalmente, no Ministério das Cidades. Ele tem na manga detalhes impressionantes de como o ex-presidente tentou melar o julgamento do mensalão. Naquela ocasião, o petista não conseguiu livrar seus aliados da prisão. Agora são seus aliados que ameaçam Lula com a possibilidade de cadeia."

Youssef negocia delação premiada com autoridades americanas. Welcome, FBI e Departamento de Justiça.



Alberto Youssef sendo preso pela PF  (Foto: Paulo Lisboa/Estadão Conteúdo)
(Época) Sob sigilo extremo está em curso uma negociação inicial entre procuradores de Nova York e o doleiro Alberto Youssef para realizar um acordo de delação premiada. O objetivo é que o principal operador da Lava Jato conte o que sabe sobre as falcatruas na estatal. As conversas, em estágio preliminar, têm sido conduzidas pelo advogado Antonio Figueiredo Basto, defensor de Youssef no petrolão. 

Corrêa já disse aos procuradores da Lava-Jato que Lula e a presidente Dilma Rousseff não apenas sabiam da existência do petrolão como agiram pessoalmente para mantê-lo em funcionamento. 


A MAMULENGA MEQUETREFE DILMA  desemprega uma Cuiabá inteira em 2015.




==========================================================================================================================================================================================
No último final de semana, um médico foi preso no Hospital da Base de Brasília, localizado a poucos quilômetros do Ministério da Saúde, na capital do país. Ele não possuía o mínimo indispensável para atender um ferido, que acabou falecendo por falta de atendimento. Enquanto isso acontecia, a mamulenga  Dilma,o pinguço picareta Lula e e quadrilha do PMDB e do PT definiam quem vai pilhar o SUS e os programas de saúde da família no Brasil. Um dia, estes médicos, junto com os seus pacientes desesperados descerão, como zumbis, o Eixo Monumental, juntar-se-ão aos desesperados do HRAM e do HBU e rumarão contra o Congresso Nacional. Terão quer ser eliminados como zumbis. O povo não aguenta mais ser roubado. Falta tudo aqui, só não falta os corruptos e ladrões que estão acabando com o nosso país.Fica o aviso: isto tem tudo para acontecer. Conversem com quem vocês odeiam: o povo.

==================================================================





— O que vemos em agosto é um mercado que não gerou postos de trabalho, mas também não houve aumento no número de pessoas que saíram a procurar trabalho — explica Cimar Azeredo, coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE.

O resultado praticamente em linha com a expectativa dos analistas do mercado financeiro, que era de que o indicador ficasse em 7,7%. O dado de agosto mostra a oitava alta seguida, numa tendência iniciada em dezembro do ano passado, quando a PME mostrou que um desemprego de 4,3%. Se considerada toda a série histórica, a taxa é a maior desde março de 2010, quando também ficou em 7,6%.


O rendimento médio real habitual dos trabalhadores foi estimado em R$ 2.185,50. Este resultado foi 0,5% maior que o registrado em julho, quando ficou em R$ 2.174,49, e 3,5 % inferior ao obtido em agosto do ano passado (R$ 2.264,62).

A população desocupada — os que buscam emprego e não encontram — ficou em 1,9 milhão de pessoas e não apresentou variação frente a julho. Em relação a agosto de 2014, o quadro foi de elevação de 52,1%. Ou seja, mais 636 mil pessoas. A população ocupada foi estimada em 22,7 milhões para o conjunto das seis regiões pesquisadas, refletindo estabilidade. Na análise mensal, houve uma retração de 1,8% (menos 415 mil pessoas) na comparação com agosto de 2014. 

Regionalmente, a análise mensal mostrou que a taxa de desocupação no Rio de Janeiro, frente a julho, apresentou redução de 5,7% para 5,1% e, nas demais regiões, ficou estável. Mas, na comparação com agosto de 2014, houve variações significativas em todas as regiões: Salvador, de 9,3% para 12,4%; São Paulo de 5,1% para 8,1%; Recife, de 7,1% para 9,8%; Belo Horizonte, de 4,2% para 6,7%; Rio de Janeiro, de 3% para 5,1%; e em Porto Alegre, de 4,8% para 6%.

O contingente de desocupados, em relação a julho último, caiu 11,3%, no Rio de Janeiro, e ficou estável nas demais regiões pesquisadas. No confronto com agosto do ano passado, a desocupação aumentou em todas as regiões, sendo o maior aumento no Rio de Janeiro (71,6%) e o menor em Porto Alegre (24,0%).

O nível da ocupação — proporção de pessoas ocupadas em relação às pessoas em idade ativa —foi estimado, em agosto, em 51,8% para o total das seis regiões. No confronto com agosto de 2014, foi observada redução de 1,5 ponto percentual. Regionalmente, na comparação mensal, foi registrada estabilidade em todas as regiões. 

Depois de ter fechado 2014 em 4,3%, menor patamar da série histórica, a taxa de desocupação medida pela PME tem subido constantemente neste ano. O aumento reflete a piora no mercado de trabalho, impactado pelo ambiente recessivo na economia.

Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, levantamento mais abrangente do IBGE, que contém informações de todas os estados brasileiros e do Distrito Federal, também mostram deterioração no mercado de trabalho. Segundo os números mais recentes, divulgados no mês passado, o desemprego no país de abril a junho ficou em 8,3% — a maior taxa da série histórica da pesquisa, iniciada em 2012.

Lula, de programático a pragmático.



Em reunião que durou cinco horas, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aconselhou nesta quarta-feira, 23, a presidente Dilma Rousseff a atender a todos os pedidos do PMDB, mesmo que para isso tenha de desidratar o PT na reforma ministerial. “É melhor perder ministérios do que a Presidência”, disse Lula, segundo relato de ministros do PT que participaram da conversa, no Palácio da Alvorada. 

A portas fechadas, o ex-presidente avaliou que a estratégia montada para atrair os aliados rebeldes, entregando o Ministério da Saúde - hoje com o PT - à bancada do PMDB na Câmara deu fôlego para Dilma barrar pedidos de impeachment no Congresso

Corruptos da Lava Jato escapam do juiz Moro. O STF petista cumpre a sua missão.



(O Globo) O Supremo Tribunal Federal (STF) desvinculou totalmente da Operação Lava-Jato nesta quinta-feira a investigação contra a senadora Gleisi Hoffman (PT-PR). Ficou decidido que os supostos desvios de dinheiro do Ministério do Planejamento, pelos quais a parlamentar é investigada, não têm relação com o esquema de corrupção na Petrobras. Com isso, a investigação contra a senadora ficará no STF, mas não sob a relatoria do ministro Teori Zavascki, que conduz inquéritos da Lava-Jato. Outros suspeitos de participar do mesmo esquema sem direito ao foro especial terão inquéritos abertos na Justiça Federal em São Paulo; e não na Vara de Curitiba comandada pelo juiz Sérgio Moro.


Os indícios contra Gleisi surgiram a partir de depoimentos em delação premiada na Lava-Jato. Com a decisão desta quarta-feira, o STF abre caminho para que crimes descobertos em decorrência da Lava-Jato sejam considerados casos independentes, sem vinculação com a investigação central. Voz minoritária no plenário, o ministro Gilmar Mendes alertou para o risco desse tipo de decisão enfraquecer as investigações.

Dólar da mamulenga  Dilma explode e chega a R$ 4,15.



O dólar comercial atingiu um novo recorde nesta quarta-feira, ao chegar aos R$ 4,15, o que contribuiu para o Banco Central anunciar uma nova intervenção no mercado de câmbio, de US$ 2 bilhões em leilão que será feito a partir das 15h, o que fez com que a divisa se afastasse um pouco das máximas. No atual pregão, o ambiente político e a desaceleração na China são fatores que preocupam. Às 13h33, a divisa era negociada a R$ 4,121 na compra e a R$ 4,123 na venda, alta de 1,70% ante o real. Já a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera em queda de 1,11%, aos 45.751 pontos.

Reservas do Brasil são de U$ 370 bilhões. Só a dívida da Petrobras é de U$ 513 bilhões. Somos um paiseco quebrado.

Petrobrás passa por crise financeira
Somente a dívida em dólar da Petrobras equivale a quase 10% do PIB do país. E supera em quase 40% todas as reservas cambiais do país. Imaginem as dívidas das outras empresas. Se o Brasil quiser pagar a dívida apenas da estatal roubada pelos petistas, acaba  o dinheiro. Esta comparação destrói certas lendas contadas pelo PT de que temos uma situação sólida. Mentira. Podemos quebrar a qualquer momento. A disparada do dólar, que atingiu nesta terça-feira a maior cotação do Plano Real, agravou ainda mais a situação financeira da Petrobrás. Desde de junho, a estatal já contabilizou uma alta de cerca de R$ 100 bilhões nas dívidas em moeda estrangeira. 

As estimativas foram feitas pela consultoria Economática, a pedido do Estado, e considera a cotação de R$ 4,04 para a moeda americana. Nesta terça-feira, diante das incertezas sobre os rumos da política econômica brasileira, o dólar comercial fechou a R$ 4,05.

Com mais de 70% de sua dívida em moeda estrangeira, a estatal é extremamente vulnerável à variação cambial. A reação dos mercados, nesta terça-feira, foi imediata. As ações da Petrobrás amargaram os menores preços desde 2004, fechando o pregão da BM&FBovespa com queda de 3,13% nas ordinárias e de 4,52% nas ações preferenciais.

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Dólar da mamulenga Dilma abre a R$ 4,09.VEJAM NO QUE  O PT TRANSFORMOU O BRASIL.

(Estado)O dólar comercial abriu em queda nesta quarta-feira, 23, mas inverteu o sinal ainda no início das negociações, pressionado pela retomada da cautela com o cenário fiscal e político no País. Às 10h10, a moeda subia 1,09% e era negociada a R$ 4,09, na máxima do dia. Na véspera, a moeda fechou a R$ 4,05, a maior cotação desde a criação do Plano Real, em 1994. 
A última do Fernando Pimentel, governador de Minas Gerais, é que Aécio Neves viajou muito de avião para o Rio de Janeiro, onde também mantinha residência. No entanto, em nenhuma viagem foram encontrados pilhas de dinheiro frio, juntado pelo sócio de Pimentel e de sua esposa, que até agora estão sendo investigados por crime eleitoral. Pimentel colocou a mulher a faturar uma grana no BNDES e o amigo Benê e a amiga Dani da Pepper a pagar as contas da companheira. Está sendo investigado pelo STF. Andar de avião não é crime, segundo a legislação em vigor em Minas Gerais. A não ser que ele carregue dinheiro frio para pagar campanha eleitoral, como ocorreu com  Fernando Pimentel.

(Folha) O governo da mamulenga Dilma Rousseff recorreu, mais uma vez, a projeções otimistas e manteve a estimativa de economizar até o fim do ano o suficiente para segurar o avanço da dívida pública, apesar de reconhecer que a economia atravessa uma recessão mais severa do que anteriormente prevista. 

  
(Estadão) Após mais de cinco horas de sessão, o Congresso encerrou a apreciação dos vetos presidenciais na madrugada desta quarta-feira sem votar um dos vetos mais importantes para o governo: o do reajuste do Judiciário. A proposta de um reajuste de até 78% dos funcionários do Judiciário pode ter o impacto de R$ 36,2 bilhões nas contas públicas até 2019. A sessão foi interrompida por falta de quórum e não há prazo definido para que a votação seja retomada. Caso a adoção da regra 85/95 anos para o cálculo da aposentadoria fosse usada como alternativa ao cálculo do fator previdenciário haveria um impacto de R$ 135 bilhões para as contas do governo até 2035. 
(Estadão) A presidente mamulenga  Dilma Rousseff enviou nesta terça-feira, 22, ao Congresso Nacional a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que cria um imposto nos moldes da antiga Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). A mensagem informando o envio da proposta foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União. O texto da PEC, no entanto, não foi divulgado ainda pelo governo. Anunciada na semana passada, a nova contribuição terá alíquota de 0,20% sobre as movimentações financeiras durante quatro anos. A previsão de arrecadação é de R$ 32 bilhões por ano e deve ser usada para cobrir o déficit da Previdência Social. 

Mesmo com pedido de Lula, ao que parece Cunha cumprirá rito sobre o impeachment de Dilma.
Folha) O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse que decidirá até quarta-feira (23) os questionamentos da oposição sobre o rito que irá adotar no pedido de impeachment da presidente mamulenga Dilma Rousseff. "Tive reuniões com a consultoria. Eles me trouxeram um esboço. Debatemos, eu critiquei e ficaram de corrigir. Minha ideia é ter tudo concluído até amanhã".Segundo ele, serão entregues cópias da decisão "para todos que queiram" e, na quinta (24), ele lerá o documento em plenário. "Como é uma coisa muito grande e complexa, é melhor distribuir cópia antes e ler na quinta".
Para um deficit de R$ 30,5 bilhões, a mamulenga Dilma oferece corte de R$ 200 milhões, menos de 1% do necessário.
Com todas as mexidas que pretende fazer nos ministérios e cargos de confiança, Dilma estima que poupará R$ 200 milhões para cobrir um déficit orçamentário de R$ 30,5 bilhões. Por que? Porque tudo não passa se uma maquiagem onde os mais de 20.000 cargos de confiança serão preservados, com cortes de no máximo mil. Porque não junta Cultura com Educação, para preservar os seus artistas e intelectuais apaniguados que mamam no teta pública. Porque não corta pela metade programas como Minha Casa, Minha Vida, Ciências sem Fronteiras, Mais Médicos, não fecha mais de 40 embaixadas inúteis abertas por Lula na África para encobrir negociatas, porque não elimina secretarias que ganharam status de ministério apenas para aparelhar o estado. E como aparelharam. Roubaram as eleições. Transformaram-se em comitês eleitorais. E o Brasil ainda perde tempo com esta contra esdrúxula: ela quer mais R$ 30,5 bilhões em impostos e oferece um corte de R$ 200 milhões. Menos de 1%. Menos de 1%. É uma vergonha.
A mamulenga mequetrefe da Dilma cortou 10% do Orçamento da Saúde e agora quer passar o ministério para o PMDB. A pasta mais criticada em todas as pesquisas. Mais de 60% acha que Saúde é o maior problema do país. Com R$ 10 bilhões há menos, imaginem o caos. O PMDB deveria querer o ministério das Cidades e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Estes sim, dão dividendos políticos. No mais , é uma fria que não dá para acreditar que o PMDB fisiológico, oportunista e sem compromisso com o país vá aceitar. Se eu fosse o PMDB ficaria com Agricultura, Esportes, Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Cidades e Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

 

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Falam mal da mamulenga Dilma até nos corredores do Planalto. Há dias, o aspone para assuntos internacionais aleatórios, Marco Aurélio Top-Top Garcia, chocou um interlocutor com o seguinte veneno: “A Dilma comprou uma Cartilha dos Burros e está lendo e cumprindo todos os preceitos”.